Campo Grande/MS – Cidade Morena, cidade dos Ipês

Texto: Camilla Francisca Torres


Resumo: Apresentação da cidade de Campo Grande - Mato Grosso do Sul. História, costumes e as mudanças nos hábitos dos moradores devido a pandemia.



No mês de agosto Campo Grande completou 121 anos, hoje temos quase um milhão de habitantes e a economia local gira em torno do comércio e do agronegócio. Nosso clima é quente e muito seco no inverno, como é típico do cerrado, em agosto a cidade ganha cores com a florada dos ipês que estão espalhados por toda cidade. Tem também flamboyants, manacás da serra, paineiras e jacarandás.


Fonte: Radio Terena

Em fevereiro de 2020 a cidade recebeu um reconhecimento importante pela FAC (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) e pela Fundação Arbor Day, foi considerada como ‘Tree Cities of the World’, em tradução livre ‘Cidades Árvores do Mundo’.



E olha que aqui é fundamental termos muita sombra, por que o calor é grande, a cidade tem uma tradição de se refrescar com o tereré, já ouviu falar? E o gostoso é sentar sob uma árvore frondosa e se refrescar com a erva mate na guampa e água gelada com limão.


No entanto, a pandemia pelo novo coronavírus impactou diretamente esse hábito, já que as pessoas compartilham a bomba numa roda de tereré, mesmo assim, aqueles que gostam tomam sozinhos.

Tereré na guampa

Reza a lenda que o tereré surgiu na Guerra do Paraguai, quando os soldados tomavam o mate frio entre uma batalha e outra, por não terem como esquentar a água ou para não chamarem a atenção dos “inimigos” pelo fogo para esquentá-la.



Atualmente a bebida é considerada patrimônio imaterial do estado e é comum ver as pessoas nas calçadas com suas garrafas e guampas tomando um tereré refrescante, um dos motivos que dá um ar de cidade do interior à nossa capital sul-mato-grossense.


Outra característica interessante daqui é a presença de araras, tucanos, papagaios e maritacas na área urbana, é comum vê-los em qualquer parte da cidade, até mesmo na região central, temos até uma praça em homenagem as araras que alegram nossos dias.

Foto: Luis Palácios - Instituto Arara Azul

Campo Grande tem um céu lindo, o pôr do sol aqui é um espetáculo diário, a região tem muitos córregos e cachoeiras próximas à área urbana, mas isso vou mostrar numa próxima.


Como a maioria das cidades brasileiras tem muitos problemas, mas é uma capital ainda sem engarrafamentos, em que onde a gente vai encontra um conhecido, as vezes até parece pequena.


A cidade tem colônias de japoneses, italianos, libaneses e muitas pessoas de outras cidades, é uma capital com cara de interior... não nasci aqui, só que essa é a cidade a qual me sinto pertencente, meu lugar no mundo e ainda tenho muito para falar daqui.


Tem nossa culinária, como a sopa paraguaia e o sobá, conhece?

Na próxima eu conto...



#CampoGrande #MatoGrossoDoSul #Viagens

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

@terraemtransito

  • Instagram